Opinião

Referências em Políticas Públicas serão homenageadas na ALESC

Uma das diretoras do CDH, Irma Kniess e o Dr. João Marcos Buch, Juiz da Terceira Vara de Execuções Penais de Joinville serão homenageados hoje (11), na Assembleia legislativa de Santa Catarina (Alesc) como referências, junto com outras pessoas do Estado, na promoção de políticas públicas. A Campanha da Fraternidade 2019 – Fraternidade e Políticas Públicas será o tema em uma Sessão Especial na Assembleia [more]

Dito, presente!

Nosso irmão Benedito Clóvis da Silva, o DITO, fez sua páscoa definitiva na noite de hoje, 23/02/2019, na cidade de Joinville/SC. Dito estava membro do Conselho Nacional , representando a Região Sul. Homem de muitas causas, muitas lutas, muita fé e poucas palavras. Seus gestos falavam por ele. Gratidão ao Dito por dedicar sua vida a vida de tanta gente! Até a vista companheiro. por Conselho Nacional do [more]

70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

Hoje a Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH) completa 70 anos. Há 70 anos, 30 artigos foram compilados e organizados após anos de guerras e opressão que destruíram a vida de inúmeras pessoas. Foram promulgados pela Organização das Nações Unidas (ONU), com a intenção de minimizar os horrores provocados, principalmente pelo holocausto. Uma convenção Internacional, um documento que norteia os [more]

Declaração do Centro dos Direitos Humanos Maria da Graça Braz sobre o momento político e o processo eleitoral

O Centro dos Direitos Humanos Maria da Graça Braz, é uma entidade da sociedade civil que atua na defesa dos direitos da pessoa humana, especialmente dos setores explorados e excluídos da sociedade. Apesar de não possuir vinculação partidária, o CDH não pode se omitir diante do quadro político brasileiro e do processo eleitoral. Não há dúvidas que vivenciamos uma das mais graves crises políticas da [more]

NOTA DO CEDH-SC SOBRE OS PROJETOS ‘ESCOLA SEM PARTIDO’

O Conselho Estadual de Diretos Humanos (CEDH-SC) vem se manifestar publicamente sobre os Projetos de Lei ‘Escola Sem partido’ que vêm sendo aprovados pelos legislativos municipais de alguns dos municípios de Santa Catarina. Entendemos que tais projetos de lei violam as garantias e regras constitucionais, ferindo a liberdade de ensino, a democracia e a pluralidade de ideias, pois impede o amplo debate e restringe [more]

Nota de apoio ao Pastor Inácio Lemke

O Centro dos Direitos Humanos de Joinville (CDH) manifesta seu apoio ao Pastor Inácio Lemke, Pastor Sinodal do Sínodo Norte Catarinense da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), referente à sua visita ao Ex-Presidente Luis Inácio Lula da Silva. Pastor Inácio tem história de uma incansável luta na defesa dos Direitos Humanos, sempre foi um promotor do diálogo, da compaixão e da [more]

Joinville celebra encerramento da SOUC 2018

Chega ao fim mais uma Semana de Oração pela Unidade Cristã (SOUC 2018). Em Joinville algumas Igrejas se reuniram para celebrar o encerramento da SOUC 2018 no último sábado (19), na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no Bairro Glória, organizadas pelas Comissão Ecumênica. Estavam presentes a Igreja Anglicana (IA), a Igreja Católica (ICAR) e a Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB). O [more]

Abertura da SOUC 2018 em Joinville

Aconteceu ontem (13), na Paróquia dos Apóstolos da Igreja de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), a abertura da Semana de Oração Pela Unidade Cristã (SOUC 2018). A celebração contou com a presença das Igrejas IECLB, Católica e Anglicana que unidas pediram pela unidade e pela libertação, seguindo a iluminação do tema: A não de Deus nos une e liberta” (Cf Ex 15, 1-21). A homilia foi realizada por [more]

Agende a data do 8º Café Colonial do CDH

Entre em contato e adquira seu convite. É um momento preparado com muito carinho para aquelas pessoas que acreditam em um mundo justo. [more]

Fórum de Mulheres de Joinville promove seminário - vagas limitadas

A inscrição é via e-mail: forumdemulheresdejoinvillesc@gmail.com São apenas 40 vagas, garanta a sua!   [more]


Notícias

Desde então, diversos tribunais constitucionais em vários países da região, bem como órgãos internacionais de proteção de direitos humanos, ...
O Brasil e outros quatro países sul-americanos enviaram uma carta à Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) , na qual questionam o ...
Santiago, 24 Abr 2019 (AFP) - Argentina, Brasil, Colômbia, Paraguai e Chile pediram reformas no Sistema Interamericano de Direitos Humanos ...
Argentina, Brasil, Colômbia, Paraguai e Chile pediram reformas no Sistema Interamericano de Direitos Humanos (SIDH) para enfrentar os desafios ...
Por isso, ele será enviado à Comissão de Direitos Humanos da Casa, onde deve ficar por até 15 dias para debates, antes de voltar ao plenário.
Washington, 23 abr (EFE).- A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) afirmou nesta terça-feira que avaliará o pedido feito por cinco ...
“As posições do Bloco de Esquerda mantêm-se, nada mudou desde 2010, continua o desrespeito pelos direitos humanos e a repressão e, por isso, ...
O plenário do Senado enviará à Comissão de Direitos Humanos da Casa projeto de lei (PL) que obriga o preso a ressarcir o Estado das despesas ...
O evento contará com a participação de Bel Santos Mayer (educadora social, coordenadora de projetos de Direitos Humanos do Instituto Brasileiro ...
Formação fortalece o combate à violência e violação dos direitos humanos e amplia o atendimento em todas as suas particularidades.

Agenda



O CDH

O Centro de Direitos Humanos Maria da Graça Braz (CDHMGB) é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, de utilidade pública, que tem por objetivo promover, difundir e garantir os Direitos Humanos Civis, Políticos, Econômicos, Sociais, Culturais, à Paz e ao Desenvolvimento. Para tanto observa os princípios da Declaração Universal dos Direitos Humanos e a Carta de princípios do Movimento Nacional dos Direitos Humanos – MNDH, instituição à qual é filiado.

Saiba mais»


Vídeo: Campanha dos Defensores de Direitos Humanos lançada no encontro nacional do MNDH

 

“O problema fundamental em relação aos direitos do homem, hoje, não é tanto o de justificá-los, mas o de protegê-los. Trata-se de um problema não filosófico, mas político.” Norberto Bobbio, filósofo, político, jurista italiano, 1909-2004

Agenda

agenda

Facebook